BABY

KINDERGARTEN

ELEMENTARY

HIGH SCHOOL

PORTAL DO ALUNO

Colégio BAL

Brincadeira nada saudável entre jovens viraliza na rede. Você sabe o que sua criança e adolescente faz na Internet?



De uns dias para cá o assunto nas redes sociais não é outro além de uma suposta brincadeira de mau gosto entre os adolescentes, conhecida como “Desafio Charlie Charlie” (Charlie Charlie Challenge,  em inglês),  que usa dois lápis sobrepostos em posição de cruz, uma folha de papel com as palavras sim e não para responder perguntas dos jovens (geralmente em fase escolar) por um espírito conhecido como “Charlie”.

 

Em outros tempos, podemos dizer que essa atividade já foi muito praticada, ora com copo, ora com compasso e até com a caneta em um circulo. O problema não está somente na prática feita em diversos locais, principalmente em escolas, durante horário de aula. Trata-se de um rito, que segundo alguns religiosos pode provocar problemas psicológicos e acender o medo, pois as crianças estão lidando com o desconhecido.

 

Pesquisamos em vários sites idôneos sobre o tema e de fato ficamos surpresos com a repercussão desta brincadeira, que tem sido presenciada em escolas de todas as regiões do Brasil.

 

Entenda melhor:

 

Segundo alguns boatos, Charlie seria uma espécie de “A loira do Banheiro” no México, com o diferencial de mesclar ações como à prática de evocação de espírito com compasso, caneta ou copo. No entanto, existem milhares de outras histórias que semeiam a origem desta brincadeira sem graça. Segundo o jornal BBC News, que checou as informações sobre o surgimento desta lenda urbana, não há nenhuma referência no folclore mexicano sobre a existência deste garoto chamado Charlie. Em 2008, havia um jogo que tinha a prática bem diferente do atual.

 

A Verdade:

 

A suposta comunicação e brincadeira viralizada nas redes sociais pertence a uma jogada de marketing sobre um filme de terror que deve estrear em agosto no Brasil.

 

Consequências:

 

Os jovens que têm praticado o Desafio Charlie Charlie” apresentam comportamentos estranhos, medo, crises de choro e até desmaios após as reuniões em grupo. Esses relatos são apontados em diversas cidades e escolas, inclusive por policiais, padres e religiosos que visualizaram as crianças no estresse pós-jogo.

 

Palavras dos especialistas:

 

Na maioria dos sites e matérias lidas, percebemos que os especialistas (padres, educadores e religiosos) orientam para que esta prática não seja ignorada pelas instituições educacionais e, principalmente, pelos pais, que são os maiores responsáveis pela segurança física e emocional de seus filhos. Eles aconselham orientar os jovens sobre as conseqüências desta prática, pois quando “mexemos” com o oculto, somos sugestionados a atrair qualquer tipo de energia e, como consequência, gerar resultados ruins para si e para o grupo envolvido.

 

Cuidados com a Internet e Redes Sociais

 

É importante ressaltarmos que as redes sociais são focadas para o público adulto, maiores de 18 anos. Infelizmente, sabemos que a grande maioria de nossas crianças possui contas nestes sites de relacionamento e, ainda, não conseguimos fiscalizar o que eles acessam. Falha nossa em permitir que tenham e usem algo que não é direcionado para a idade deles.

 

Como dica, para os pais, alunos e professores, o bom senso e limite de uso destes recursos é fundamental. A supervisão de conteúdo e de tempo disponibilizado é uma grande arma para evitar malefícios futuros. Em outras épocas, quando não tínhamos o recurso tecnológico da internet, as lendas urbanas demoravam muito mais para viralizar. Pensem nisso e preservem a inocência e idade emocional de suas crianças, que não precisam passar por situações de estresse com jogos deste tipo.

 

 

Alguns links pesquisados:

 

http://g1.globo.com/rr/roraima/noticia/2015/05/em-rr-alunos-passam-mal-apos-charlie-charlie-e-sao-levados-igreja.html

 

http://www.atribuna.com.br/noticias/noticias-detalhe/santos/charlie-charlie-o-jogo-macabro-que-virou-febre/?cHash=dd10e9f9c9aa73d1d0580ff7b2325c80

 

http://acritica.uol.com.br/buzz/Brincadeira-Charlie-estrategia-divulgacao-lancamento_0_1366063418.html

 

http://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/mundo-insolito/2015-05-30/desafio-charlie-charlie-e-uma-jogada-de-marketing-de-filme-de-terror.html

 

http://odia.ig.com.br/noticia/mundoeciencia/2015-05-29/exorcista-alerta-sobre-aparicao-de-espiritos-em-desafio-charlie-charlie.html

 

http://metropolitanafm.uol.com.br/novidades/entretenimento/uma-grande-jogada-conheca-a-verdadeira-historia-do-desafio-charlie

 

http://noticias.gospelmais.com.br/desafio-charlie-causa-possessoes-coletivas-escolas-76992.html

 

BAL Baby

R. dos Sitiantes, 261 - Freguesia do Ó
Telefone: (11) 3977-9207
WhatsApp: (11) 93222-8411

Kindergarten

R.Brito Peixoto, 293 - Freguesia do Ó
Telefone: (11) 3935-1272
WhatsApp: (11) 99598-5035

Elementary / Middle School

R. Antonieta Leitão, 156 - Freguesia do Ó
Telefone: (11) 3935-3848
WhatsApp: (11) 94308-7298